sobre a arquitetura do território I

12mar09

Todos os lugares do mundo foram de, alguma forma, transformados, todos os espaços participam da engrenagem do mundo e foram pelo Homem modificados tecnicamente para isso. Esta constatação é fundamental para que a atividade de construção do espaço territorial seja entendida como a construção de todos os lugares. Em outras palavras, o mundo se tornou uma cidade. A idéia de uma arquitetura do território lida, antes de tudo, com a noção de que o território deve se tornar habitável, que esta transformação de todos os lugares deve de, diferentes formas, fazer com que o espaço do homem possa ser ocupado, de forma otimizada para cada situação e para cada disponibilidade energética. Isto carece de projeto, esta transformação da ocupação territorial quase sempre imprescinde de projeto para se estabelecer. Existe uma fragilidade em todas as paisagens, em todos os biomas naturais, e o labor humano de ocupação e transformação da natureza, passa por um trabalho intelectual e coletivo sobre a pertinência e a maneira que isso pode se dar, da maneira que isso pode ser a cada momento refeito. Os fluxos, usando a nomenclatura de Milton Santos, não podem ser exatamente projetados.

A arquitetura que estamos lidando então é uma arquitetura do território, uma arquitetura da configuração do território. Uma disciplina propositiva sobre a organização dos fixos sobre o planeta. Trata-se de uma ciência de ‘tornar habitável’, do programa da metrópole contemporânea à construção da terra cultivável, incluindo uma interdependência em relação aos fluxos do espaço. Há, na verdade, uma instigante relação de causa e efeito, entre o Homem e seu espaço territorial e o território e seu Homem. Esta relação deve ser incorporada, faz parte dessa arquitetura.

 

Sobre o conceito de fixos e fluxos, ver post anterior: https://cosmopista.wordpress.com/2008/03/08/fixos-e-fluxos/

 

Post enviado por Gabriel Kogan

Anúncios


No Responses Yet to “sobre a arquitetura do território I”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: