Rue de la Huchette

20maio13

Rue de la Huchette

Perguntado por um jornalista (tolo como de costume) se ele havia lido todos os livros daquela imensa prateleira de sua casa, Derrida teria respondido que não, “apenas um, mas muito bem lido”. Pois bem, que seja isso um alento. Um parágrafo, uma página; uma rua, tanto que bem percorrida.

O que teria sido aquela Rue de la Huchette quarenta anos atrás, ou talvez oitocentos anos? A mesma que percorro agora? As porteiras de vozes roucas dando lugar a seguranças inflados (e roucos) por anabolizantes. Ao anoitecer, as lojas de souvenires baratos iluminam a calçada com suas luzes frias. Emanando de dentro dos bares, uma batida eletrônica preenche o espaço. Grafites pastiche, sorvete Häagen-Dazs, caricaturas por um trocado, kebabs amanhecidos.

O que havia Cortazar visto naquela rua? A mesma mediocridade que hoje emana junto com a música eletrônica e a luz da loja de souvenires baratos? Les gens d’ici ne connaissent pas Cortazar. Seria então a Rue de la Huchuette um símbolo do ordinário? O nada que rapidamente se transforma em tudo, como o parafuso que o velho napolitano observa todos os dias como se extraísse dali o sentido da vida. A cidade como algo medíocre que podemos fazer transformar a cada instante, recriarmos. Revivermos com criatividade um objeto inerte, tedioso, medíocre; como hoje a Rue de la Huchette; justamente essa que talvez fosse uma das mais antigas ruas de Paris.

Pois a Rue de la Huchette – com seus tempos acumulados, no coração da cidade que resistira às destruições, as guerras, Haussmann – é a nossa própria passagem. Impregnada por tantos tempos, expõe nós mesmos. Que seja então recriada a banalidade de sua vida; como o parafuso do velho Napolitano, que do nada se transforma na própria existência do gênero humano. Já havia passado várias vezes pela Rue de la Huchette, sem que nunca tivesse me dado conta que estivesse nela.

 

Gabriel Kogan, 20.05.2013

Anúncios


No Responses Yet to “Rue de la Huchette”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: