São Paulo praticamente não construiu metrô nos últimos 18 anos

24jun13

metrôcheiolotado Os dados são impressionantes. A taxa de crescimento do Metrô de São Paulo desde 1995 é muito baixa se comparada com outras redes do mundo. Os números a seguir desmistificam a lentidão de construção de novas linhas em outras cidades e mostram que não há exageros em dizer que a baixa velocidade de crescimento é a principal responsável pelo caos no transporte urbano que vivemos. Em uma metrópole como São Paulo, em que os deslocamentos devem dar vazão a grandes multidões, seria de se esperar que o sistema de metrô fosse o estruturador da mobilidade urbana.

 

Santiago do Chile (entre 1995 e 2013)

Quilômetros de linhas inauguradas: 75,5km

Taxa de crescimento do sistema: 4,2km/ano

 

Paris (entre 1900 e 1914)

Quilômetros de linhas inauguradas: 90km

Taxa de crescimento do sistema: 6,5km/ano

 

Cidade do México (entre 1969 e 1988)

Quilômetros de linhas inauguradas: 141,2km

Taxa de crescimento do sistema: 7,4km/ano

 

Xangai (entre 1995 e 2010)

Quilômetros de linhas inauguradas: 408km

Taxa de crescimento do sistema: 27km/ano

 

São Paulo (entre 1995 e 2013)

Quilômetros de linhas inauguradas: 34,7km

Taxa de crescimento do sistema: 1,9km/ano

 

Lamentável.

 

Gabriel Kogan, 24/06/2013

Anúncios


One Response to “São Paulo praticamente não construiu metrô nos últimos 18 anos”


  1. 1 História do transporte público em SP: O metrô que nunca veio | cosmopista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: