Archive for the ‘Crise Hídrica’ Category

Faço aqui uma pequena retrospectiva de dez artigos fundamentais para entendimento da atual questão hídrica em SP. 1- O problema não é de agora: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff2903200101.htm 2- A manipulação dos dados: http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,pisa-na-sabesp-imp-,1621074 3- O posicionamento do terceiro setor: https://medium.com/a-conta-da-agua/ensaio-sobre-a-cegueira-hidrica-2759ec839c74 4- Direito a informação e grandes consumidores: http://apublica.org/2015/01/sabesp-se-nega-a-publicar-contratos-de-empresas-que-mais-consomem-agua/ 5- Rodízio e redução de pressão são problemas, não soluções: […]

Publicidade


Em 1924, o engenheiro sanitarista Saturnino de Brito foi contratado pelo então prefeito de SP, Firmiano Pinto, para fazer um estudo para o Rio Tietê, um rio meândrico a serpentear pelas várzeas da cidade. Havia duas preocupações concretas – antagônicas, mas correlacionadas: (1) as enchentes que fustigavam os moradores das planícies aluviais e impediam a […]


A solução do rodízio de água em SP é péssima; trata-se simplesmente da medida mais barata para quem só sabe agir emergencialmente para tampar problemas: 1- Os canos vazios se tornam focos muito sérios de contaminação com a entrada de poluentes do lençol freático pelas fissuras. 2- Não é possível pressurizar um sistema todo em dois […]


O colapso no abastecimento foi anunciado por todos os relatórios públicos desde 2004. E querem saber? Isso nem dependia de chuvas abaixo da média, bastava índices pluviométricos normais para que o sistema entrasse em colapso. A crise hídrica já estava desenhada. Segundo informações de 2009 divulgadas pela Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Governo […]


Boataria

04fev15

Êxodo urbano por causa da crise hídrica? Tanto o custo de deslocamento das pessoas, quanto o valor necessário para arrumar o problema emergencialmente parecem que não justificariam um êxodo urbano. É mais provável que as pessoas consigam viver com muito pouca água e em meio a uma séria crise econômica por causa disso por mais […]


Enquanto nos aproximamos do colapso total no abastecimento em São Paulo, políticos tentam desesperadamente culpar a natureza: “é por causa da falta de chuva”. Nada disso. O problema é político mesmo. Secas são periódicas e perfeitamente previsíveis a partir de estatísticas das bases de dados históricas. Um sistema robusto (e decente) de abastecimento deve ser […]


Precisamos ver as crises como oportunidades: a crise hídrica é uma chance para transformamos a essência dos nossos rios urbanos e dos padrões dos serviços públicos relacionados; para projetarmos rios como espaços públicos banhados por águas limpas. Estou falando da oportunidade de criarmos políticas públicas sérias para águas urbanas; para colocarmos o planejamento a longo […]


Segue minha carta aberta a Jerson Kelman, diretor da SABESP, pedindo esclarecimentos sobre questões de saúde pública relacionadas ao abastecimento em São Paulo em tempos de crise: “Prezado Jerson Kelman, Não nos conhecemos pessoalmente, mas estamos em lados opostos: você como diretor da SABESP e eu como crítico da empresa. Assim como imagino que você […]


A água vai acabar? O que fazer? Os planos apresentados pelo Governo do Estado parecem insuficientes para conter a crise e garantir que a cidade não sofra um dos maiores desastres sociais, econômicos e ambientais da história humana. Os níveis dos reservatórios não param de cair. A péssima gestão de recursos levou a um estado […]


1- LUCROS DESPROPORCIONAIS: A capacidade de investimento da SABESP foi corroída por lucros estratosféricos e uma gestão voltada para satisfazer acionistas, que capitalizaram a concessionária no passado em ofertas públicas de ações. A empresa é parcialmente pública, porém regida por interesses privados. 2- GESTÃO SEM FISCALIZAÇÃO: Os órgãos responsáveis, tanto pelo serviço quanto pela fiscalização, […]


A gestão de águas em SP é um grande acordo de cavalheiros, em que quem sai perdendo é a população mais pobre, agora sofrendo as consequências da péssima administração no setor. Há uma ambiguidade na legislação brasileira se a responsabilidade sobre o abastecimento e esgotamento deve ser do estado ou do município no caso de […]


A desastrosa gestão de recursos hídricos promovida pelas 3 instâncias governamentais em São Paulo, sobretudo o Estado por meio de sua concessionária, leva a cidade a iminência de um desastre social nos próximos anos. Apesar das fortes chuvas de verão, os níveis dos principais reservatórios parecem estagnados, como já vinham alertando especialistas. Previ isso em […]


A atual crise hídrica pode ser uma oportunidade para revermos as bases urbanísticas de São Paulo. Proponho um exercício: um passo atrás; dois à frente. Bailemos olhando a história para projetarmos o futuro. E isso demanda algo como uma “História social dos rios de São Paulo”, assunto que intersecciona meu mestrado (https://cosmopista.files.wordpress.com/2014/11/thesis_gabrielkogan.pdf). Fica aqui um […]


A origem da crise hídrica na cidade de São Paulo é econômica e política, não é natural. Os acionistas na Bolsa de Nova Iorque não estão preocupados se as pessoas estão sem água na torneira por aqui. Nesse ano de caos, os lucros projetados da SABESP são de R$1.8 bilhões e pelo menos metade vai […]


A situação da crise hídrica em São Paulo é seríssima, não apenas porque ameaça todas as bases econômicas da cidade, mas porque mostra a falência do pacto federativo no Brasil. A complexidade legal/institucional no setor das águas é surreal: a agência reguladora é federal; os conselhos e a gestão das águas são estaduais; as outorgas […]