Archive for the ‘Sobre Arte’ Category

Não existem critérios para a arte contemporânea. Assim fica fácil. Não há mais críticos, críticos são curadores, curadores contratados de galerias e de instituições, instituições dependem de verbas inclusive das galerias, jornalistas são amigos de artistas, artistas (e curadores) não querem receber críticas e todo mundo tem seu rabo preso. As exposições mostram qualquer coisa, o povo […]


No jargão jornalístico, conteúdos editorados são aqueles que servem para exprimir a opinião política e pessoal dos editores. A apuração dos fatos sucumbe à construção de conceitos que representam os interesses (basicamente econômicos) da publicação. Nada de fatos, nada de investigação; apenas a opinião pré-estabelecida, o preconceito reproduzido. A Veja é um exemplo caricato disso. […]


A exposição de Mira Schendel na Pinacoteca não faz jus à obra da suíço-brasileira. A arte é intocável, é como um santo em um altar, uma rainha cercada por seus guarda-costas. Ai de quem resolva perfurar barreiras. Alarmes soarão e tiros serão disparados. “Não pode soprar”, foi o que ouvi do segurança, ao respirar próximo […]


Que a arte se tornou um commodity especulativo, não é novidade. Que a arte é hoje uma arma da valorização imobiliária, também não. A exposição ‘Made by… Feito por Brasileiros’ no Hospital Matarazzo arrecadou R$3,2 milhões em dinheiro público para catapultar um novo empreendimento imobiliário a ser edificado no lugar em breve (como foi bem […]


Na mostra “Histórias Mestiças”, no Tomie Ohtake, os curadores – Adriano Pedrosa e Lilia Schwarcz – reproduzem a história de dominação eurocêntrica na América, valendo-se de subterfúgios fetichistas que vão de Tarsila do Amaral até Viveiros de Castro, passando por Albert Eckhout. Não fogem do senso comum, ao contrário do que tentam afirmar no texto […]



Anúncios